Layout De Arquivos Simples

Versão:
2022.3
Last modified: September 24, 2021

A caixa layout de arquivo simples permite que o usuário determine as quebras de coluna de um arquivo simples em que as colunas são de largura fixa. Esta caixa é exibida quando um tipo de arquivo desconhecido é trazido para o alteryx por meio da ferramenta dados de entrada e é designado um arquivo de largura fixa .

Visualização de dados

A seção superior desta caixa revela uma visualização do arquivo de dados. A régua ao longo da parte superior indica o comprimento do campo para que o usuário possa visualizar onde uma coluna é interrompida.

  • Para atribuir quebras de coluna, posicione o cursor onde a quebra deve ser. O alteryx determina automaticamente o comprimento do campo apropriado e a seção de grade é preenchida com base nessas quebras.
  • Clique em linhas de quebra de coluna para excluí-las.
  • Use as barras de rolagem abaixo da visualização do arquivo para revelar dados adicionais dentro do arquivo e atribua as quebras de coluna apropriadas.

Configurações do arquivo

Abaixo da visualização de dados estão algumas caixas de seleção. Suas configurações são explicadas aqui:

  • Permitir linhas curtas: indica se o registro pode terminar antes de todos os campos serem lidos. Isso é válido somente para dados com extremidades de linha. Por padrão, essa caixa não é marcada.
  • Permitir linhas longas: indica se pode haver caracteres extras após o último campo para o registro atual. Esses dados extras são descartados. Por padrão, essa caixa não é marcada.
  • Aparar espaços: remove caracteres em branco de dados de campo. Por predefinição, esta caixa está seleccionada.
  • Comprimento do registro: esta é a largura total do caractere do registro mais longo no arquivo.
  • EOL: fim da linha. Isso se refere ao tipo de extremidades de linha usadas. O padrão é CRLF. As opções incluem None, CRLF (Windows), LF (Unix) e CR (Mac).

Configurações de coluna (campo)

Abaixo as configurações de arquivo, há uma seção que descreve as informações de campo que o usuário está atribuindo. Essas configurações são completamente editáveis e descritas abaixo.

  • Nome: o nome do campo. O padrão é Field_1 ou o próximo número sequencial. O usuário pode atribuir seu próprio nome de campo selecionando o nome padrão e digitando na caixa.
  • Tipo: o tipo do campo de dados. O padrão é V_String. Para alterar o campo de dados, clique no padrão. Uma lista suspensa aparecerá com tipos de campo com suporte.
  • Length: a largura do campo de dados. O padrão é o que é definido manualmente pelo posicionamento do cursor do usuário na seção de visualização acima. Para alterar esse valor, clique no padrão e digite o valor apropriado para o comprimento de um campo. A quebra de coluna será refletida automaticamente no painel de visualização acima.
  • Escala: o campo escala referencia o nível de precisão de um campo decimal fixo. O padrão é 0. Para alterar esse valor, o usuário deve alterar o tipo para fixo decimal e ajustar o comprimento e dimensionar adequadamente, clicando nos padrões e digitando os novos valores.

Opções de manuseio de arquivos

A próxima seção permite que o usuário especifique como essas configurações serão tratadas, salvas ou executadas. Essas configurações são descritas abaixo.

  • Incorporar configurações de campo no fluxo de trabalho: as configurações de campo serão salvo com o fluxo de trabalho.
  • Use as configurações de campo do arquivo: o usuário pode abrir um arquivo ASCII simples (*. Flat) para ler nas configurações de campo para os dados

Opções de importação/exportação

Há botões importar e exportar no canto inferior esquerdo da caixa de diálogo. Os botões podem ser usados em combinação com as opções de manipulação de arquivo acima.

  • Importar: este botão está activo quando incorporar definições de campo no fluxo de trabalho está seleccionada. Clicar no botão importar permitirá que o usuário navegue até o arquivo ASCII aflat (*. Flat) que contém as configurações de campo a serem aplicadas aos dados. Essas configurações serão salvas no fluxo de trabalho.
  • Exportação: o usuário pode salvar as configurações de campo em um arquivo ASCII simples (*. Flat) para ser aplicado novamente a um arquivo diferente que segue o mesmo layout ou para o mesmo arquivo a ser utilizado em um fluxo de trabalho diferente. Esta opção está disponível quando um botão de rádio acima é selecionado.

Depois que o usuário configura essa caixa, eles podem retornar a essas configurações a qualquer momento por meio da janela de Propriedades de configuração da ferramenta de entrada. No painel de opções, #5: layout de arquivo/campo-tem valor. Clique no para ser devolvido para definições de campo de ficheiro simples.

Esta página foi útil?

Problemas com seu produto Alteryx? Visite a Comunidade Alteryx ou entre em contato com nossa Equipe de Suporte. Não é possível enviar este formulário? Envie-nos um e-mail.