Output Data Tool Icon

Ferramenta Dados de Saída

Versão:
2022.3
Last modified: June 01, 2022

Exemplo de cada ferramenta

A ferramenta Dados de Saída tem um fluxo de trabalho de exemplo. Visite Exemplos de fluxos de trabalho para saber como acessar esse e muitos outros exemplos diretamente do Alteryx Designer.

Use a ferramenta Dados de Saída para gravar os resultados de um fluxo de trabalho em arquivos ou fontes de dados compatíveis. Use outras ferramentas para gravar em outras fontes de dados com suporte. Para obter uma lista completa de fontes de dados compatíveis com o Designer, acesse Fontes de dados e formatos de arquivo compatíveis.

Selecione a ferramenta Dados de Saída na paleta de ferramentas e arraste-a para a tela do fluxo de trabalho.

Configurar a ferramenta

A janela de configuração da ferramenta Dados de Saída consiste em duas partes principais:

  • Primeiro é necessário selecionar um arquivo ou banco de dados por meio do menu suspenso Gravar em arquivo ou banco de dados.
  • Depois você pode definir as configurações associadas a esse arquivo ou banco de dados por meio da seção Opções.

Para começar, na janela Configuração, clique na seta suspensa Gravar em arquivo ou banco de dados.

Gravar em arquivo ou banco de dados

O Designer exibe a janela Conexões de dados. Configure a conexão de dados usando uma das guias: Recente, Salvo, Arquivos, Fontes de dados ou Server.

Recente

Selecione uma conexão recente. As conexões recentes contêm arquivos e conexões de dados que foram configurados recentemente. Clique em Limpar lista para excluir todas as suas conexões recentes.

Salvo

Selecione uma conexão salva. Para renomear e editar conexões, use Gerenciar conexões de dados.

Arquivos

Use o botão Selecionar arquivo para se conectar a um conjunto de dados.

Tipos de arquivo compatíveis
Alteryx Calgary .cybd
Base de dados do Alteryx .yxdb
Alteryx Spatial Zip .sv
Avro  .avro
Valores separados por vírgula .csv
dBase .dbf
Banco de dados geográficos pessoal ESRI     .mdb
ESRI Shapefile .shp
Linguagem de marcação extensível .xml
Flat ASCII .flat
GIS     .grc, .grd
Google Earth/Google Maps .kml
Gzip .gz, .tgz
IBM SPSS .sav
JSON .json
Formato MapInfo Professional Interchange .mif
Tabela MapInfo Professional .tab
Microsoft Access 2000-2003 .bdb
Microsoft Access 2007, 2010, 2013, 2016 .accdb
Microsoft Excel Binary .xlsb
Microsoft Excel 1997-2003 .xls
Microsoft Excel .xlsx
Microsoft Excel habilitado para macros     .xlsm
QlikView .qvx
SAS .sas7dbat
SQLite     .sqlite
SRC Geography     .geo
Texto     .txt, .asc
Zip .zip
Fontes de dados

A guia Fontes de dados exibe fontes de dados compatíveis e frequentemente usadas.

  • Ferramentas: se você selecionar Conexão rápida para uma ferramenta que não está instalada, um navegador será aberto na Comunidade Alteryx para fazer download e instalar essa ferramenta. Leia atentamente as instruções na página.
  • Fontes de dados:
    • A opção ODBC inicia a janela de conexão ODBC, que exibe uma lista filtrada de DSNs no sistema que usam esse driver específico.
    • A opção OleDB inicia o gerenciador de OleDB nativo do Windows.
    • A opção OCI inicia o gerenciador de conexões nativo do Oracle OCI. A partir daí, selecione o nome do serviço de rede conforme definido no arquivo tnsnames.ora que você deseja usar para essa conexão, bem como as credenciais de nome de usuário e senha.
    • A opção Em massa abre uma caixa de diálogo especial que permite configurar uma conexão em massa para o tipo de conexão selecionado.
    • Conexão rápida: para SQL ou Oracle é possível utilizar uma conexão salva preexistente ou criar uma nova conexão salva. Consulte os links a seguir para obter detalhes:
    • Todas as outras conexões rápidas usam outra ferramenta.

Hadoop

Clique em Conexão rápida em HDFS para criar uma nova conexão ao banco de dados do Hadoop.

O Designer se conecta a um sistema de arquivos distribuídos Hadoop e lê arquivos .csv e .avro. Há suporte para todas as distribuições Hadoop que implementam o padrão HDFS.

Configurar conexões HDFS

HDFS pode ser lido usando httpfs (porta 14000), webhdfs (porta 50070) ou Knox Gateway (8443). Consulte seu administrador Hadoop para saber qual usar. Se você tiver um cluster de alta disponibilidade (HA) Hadoop, seu administrador do Hadoop deve habilitar httpfs.

MapR pode não suportar webhdfs.

Na janela de conexão HDFS:

  1. Selecione uma configuração do servidor: HTTPFS, WebHDFS ou Knox Gateway.
  2. Host: especifique a instância instalada do servidor Hadoop. A entrada deve ser um URL ou endereço IP.
  3. Porta: exibe o número de porta padrão para httpfs (14000), webhdfs (50070) ou Knox Gateway (8443); você também pode inserir um número de porta específico.
  4. URL: os padrões de URL baseados no host. O URL pode ser modificado.
  5. Nome de usuário: dependendo da configuração do cluster, especifique o nome de usuário e a senha para acesso.
    • httpfs: um nome de usuário é necessário, mas pode ser qualquer coisa.
    • webhdfs: o nome de usuário não é necessário.
    • Knox Gateway: nome de usuário e senha são necessários.

    Não há suporte para certificados autoassinados no Alteryx. Use um certificado confiável ao configurar a autenticação Knox.

  6. Kerberos: selecione uma opção de autenticação Kerberos para leitura e gravação em HDFS. A opção escolhida depende de como o administrador de TI configurou o servidor HDFS:
    • Nenhuma: nenhuma autenticação é usada.
    • Kerberos MIT: o Designer usa o tíquete MIT padrão para autenticar com o servidor. Você deve primeiro adquirir um tíquete válido usando o MIT Kerberos Ticket Manager.
    • Kerberos SSPI: o Designer usa chaves Kerberos do Windows para autenticação, que são obtidas ao efetuar login no Windows com suas credenciais do Windows. Portanto, os campos de nome de usuário e senha não estão disponíveis.
  7. (Recomendado) Clique em Teste para testar a conexão.
  8. Clique em OK.
  9. Especifique o caminho do arquivo (por exemplo, path/to/file.csv) ou navegue até o arquivo e selecione-o.
  10. Selecione o formato de arquivo Avro ou CSV > Selecione OK.

Para se conectar a HDFS para processamento no banco de dados, utilize a ferramenta Conectar in-DB.

Outros bancos de dados

Você também pode fazer uma conexão genérica ou uma conexão de 32 bits a bancos de dados.

Antes de se conectar a um banco de dados, considere o seguinte:

  • Ambos os tipos de conexão ODBC e OleDB oferecem suporte para conexões espaciais. O Designer detecta automaticamente se um banco de dados oferece suporte à funcionalidade espacial e exibe as configurações necessárias.
  • Para se conectar a um banco de dados para processamento in-DB, acesse Visão geral do processamento em banco de dados.

Conexões de dados salvas

Aponte para uma opção e selecione uma conexão de dados salva ou compartilhada para conectá-la ou clique em Gerenciar para exibir e editar conexões.

Todas as conexões: exibe uma lista de conexões salvas no seu computador e conexões compartilhadas com você a partir de uma galeria.

Meu computador: exibe uma lista de conexões salvas no seu computador.

Gallery: exibe uma lista de conexões compartilhadas com você de uma galeria.

Adicionar uma galeria: para adicionar uma galeria, especifique o URL, quando solicitado. Caso solicitado, use seu nome de usuário e senha para fazer login. Depois de efetuar login, retorne às Conexões de dados salvas e aponte para o Gallery na lista para visualizar as conexões compartilhadas do Gallery.

Vá para Gerenciar conexões de dados e saiba mais sobre como gerenciar conexões de dados salvas e compartilhadas e solução de problemas.

Fontes de dados compatíveis

Adobe Adobe Analytics
Amazon Amazon Athena
  Amazon Aurora
  Amazon Redshift
  Amazon S3
Apache Cassandra
  Sistema de arquivos distribuídos Hadoop (HDFS)
  Hive
  Spark
Cloudera Impala
  Sistema de arquivos distribuídos Hadoop (HDFS)
  Hive
Databricks Databricks
ESRI     Banco de dados geográficos ESRI
Exasolution     EXASOL
Google Google Analytics
  Google BigQuery
  Google Planilhas
Hortonworks Sistema de arquivos distribuídos Hadoop (HDFS)
  Hive
IBM IBM DB2
  IBM Netezza
Marketo Marketo
MapR     Sistema de arquivos distribuídos Hadoop (HDFS)
  Hive
Microsoft Microsoft Analytics Platform System
  Microsoft Azure Data Lake Store
  SQL Data Warehouse do Microsoft Azure
  Banco de Dados SQL do Microsoft Azure
  Serviços cognitivos da Microsoft
  Microsoft Dynamics CRM
  Microsoft OneDrive
  Microsoft SharePoint
  Microsoft SQL Server
Mongo DB Mongo DB
MySQL MySQL
NetSuite NetSuite
Oracle Oracle
Pivotal Pivotal Greenplum
PostgreSQL PostgreSQL
Salesforce Salesforce
SAP SAP Hana
Snowflake Snowflake
Teradata Teradata
  Teradata Aster
Vertica Vertica
Server

A guia Server exibe cada Server e seu URL associado (adicionado ao computador local). Uma lista abaixo de cada nome de Server contém as conexões salvas armazenadas no Server para as quais você tem acesso.

Clique em + Server para adicionar outro Server.

Opções de saída

  1. Selecione Opções de formato de arquivo.

    As Opções variam com base no arquivo ou no banco de dados ao qual você se conecta. Acesse Opções de formato de arquivo para obter informações sobre configuração.

  2. (Opcional) Selecione Obter nome do arquivo/tabela de um campo para gravar um arquivo separado para cada valor em um campo selecionado. Clique no menu suspenso e selecione uma opção:
  • Adicionar sufixo ao nome do arquivo/tabela: adiciona o nome do campo selecionado ao final do nome da tabela selecionada.

  • Adicionar prefixo ao nome do arquivo/tabela: adiciona o nome do campo selecionado no início do nome da tabela selecionada.

  • Alterar nome do arquivo/tabela: altera o nome do arquivo para o nome do campo selecionado.

  • Alterar todo o caminho do arquivo: altera o nome do arquivo para o nome do campo selecionado. O nome deve ser um caminho completo de arquivo. Essa opção pode substituir um arquivo existente se existir um arquivo no diretório de caminho completo.

    1. Clique em Campo que contém o nome do arquivo ou parte do nome do arquivo e selecione um campo.

    2. (Opcional) Selecione Manter campo na saída.

Visualizar arquivo de saída

  1. Depois de executar o fluxo de trabalho, selecione a ferramenta Dados de Saída.
  2. Na janela Resultados, clique no botão Mensagens.
    Thumbnail
  3. Localize o arquivo de saída e clique no link de arquivo para abri-lo.

Converter ferramenta Dados de Saída em ferramenta Dados de Entrada

Você pode converter uma ferramenta Dados de Saída em uma ferramenta Dados de Entrada. Você pode desfazer essa alteração se tiver níveis de desfazer suficientes nas suas Configurações de usuário.

Converter ferramenta Dados de Saída em ferramenta Dados de Entrada:

  1. Clique com o botão direito do mouse na ferramenta Dados de Saída no fluxo de trabalho.
  2. Selecione Converter para Dados de Entrada.
  3. Configure a ferramenta.

Agora você pode usar a ferramenta Dados de Saída como uma ferramenta Dados de Entrada.

Usar modo clássico

Para usar o modo clássico...

  1. Selecione Opções > Configurações de usuário > Editar configurações de usuário.
  2. Na guia Padrões, marque a caixa de seleção Usar modo clássico para o menu de opções das ferramentas de Entrada/Saída.
  3. Clique em OK.
  4. Clique na tela ou pressione a tecla F5 para atualizar.

Agora você pode usar o modo clássico da ferramenta Dados de Saída para selecionar seus arquivos e fontes de dados.

Esta página foi útil?

Problemas com seu produto Alteryx? Visite a Comunidade Alteryx ou entre em contato com nossa Equipe de Suporte. Não é possível enviar este formulário? Envie-nos um e-mail.