Dados

Last modified: August 05, 2022

Os dados processados pelo Alteryx são expressos como uma série de registros, onde cada registro em uma série tem os mesmos nomes de campo e tipos de campo. Há duas referências primárias aos dados:

  • Recordinfo contém uma lista de FieldInfo objetos que têm os nomes de campo, tipos, tamanhos e posição, que não mudam entre registros.
  • RECORDREF tem um blob de bytes que não estão em uma estrutura de conjunto. Para manipular o RECORDREF, você precisa do recordinfocorrespondente.

Quando você escreve uma ferramenta de Python, o recordinfo é gerenciado primeiro porque recordinfo é passado entre as ferramentas como um argumento de _ _ ii_init_ para identificar os tipos de dados que fazem parte do registro.

Criar registros

Um novo objeto RecordInfo pode ser criado de algumas maneiras, mas o aspecto essencial da criação é que a criação de um requer o objeto AlteryxEngine que é passado para o construtor para o seu plug-in. Há vários valores que podem ser usados como valores de configuração, e a ordem e o número de argumentos determinam qual função do mecanismo é chamada.

A criação de objeto RecordInfo mais simples:

RecordInfo(alteryx_engine)

Uma criação mais complexa define um limite de comprimento para cadeias de caracteres e aplica regras para nomes de campo:

RecordInfo(255, True, alteryx_engine)

A criação mais comum é usar o método clone no objeto RecordInfo de entrada de upstream. Esse método fornece um novo objeto RecordInfo idêntico ao que você chamou-lo, útil ao adicionar um novo campo ou modificando um único campo.

Depois de ter seu objeto RecordInfo, você precisa extrair informações e adicionar novos campos.

Você pode criar um RecordCreator chamando construct_record_creator no objeto recordinfo. Você também pode configurar um RecordCopier, que fará o trabalho de copiar dados de um registro de entrada para um registro de saída recém-criado. Finalmente, obtenha referências a qualquer um dos campos que serão definidos manualmente em vez de copiados automaticamente.

Para enviar seu objeto RecordInfo downstream, use o OutputAnchor que você criou anteriormente e chame

output_anchor.init(record_info_output)

Depois de criar um RecordCreator e um RecordCopier, construa um registro de saída a partir de um registro de entrada:

  1. redefinir o RecordCreator.
  2. copiar os dados do registro de entrada para o RecordCreator usando o RecordCopier.
  3. Defina o campo de saída para um valor no RecordCreator e, em seguida, Finalize o RecordCreator para produzir um novo registro.

Para enviar um objeto Record downstream, use o OutputAnchor e chame output_anchor. push_record (record_out).

Exemplos de gerenciamento de dados

Por exemplo, se sua ferramenta recebe entrada, os dados de uma conexão de entrada podem seguir as etapas abaixo:

  1. Uma ferramenta upstream envia _ ' ii_it _ com um argumento recordinfo . O argumento RecordInfo pode ser copiado, modificado e transmitido junto a ferramentas downstream.
  2. Uma ferramenta upstream passa um registro como um argumento para ii_push_record. O registro está de acordo com a estrutura do Recordinfo inicialmente recebida.
  3. Sua ferramenta usa os dados do registro para criar um novo registro que esteja de acordo com a estrutura do Recordinfo inicialmente recebida.

Se sua ferramenta não for entrada, sua ferramenta poderá seguir as etapas abaixo:

  1. Crie um novo objeto Recordinfo .
  2. Crie registros de sua fonte de dados que estejam de acordo com a estrutura do objeto Recordinfo .
  3. Use pi_push_all_records para enviar os registros para ferramentas downstream.
Esta página foi útil?

Problemas com seu produto Alteryx? Visite a Comunidade Alteryx ou entre em contato com nossa Equipe de Suporte. Não é possível enviar este formulário? Envie-nos um e-mail.