Skip to main content

Gerenciamento de fluxos de trabalho

Como parte do gerenciamento de fluxos de trabalho, você pode salvar os fluxos de trabalho que você cria no Designer para reutilizá-los ou compartilhá-los com outros usuários no Server da sua empresa.

Você também pode gerenciar fluxos de trabalho existentes no Server da sua empresa abrindo-os no Designer. No Designer, você pode editá-los, salvá-los e compartilhá-los de volta para o Server. O Server mantém versões anteriores dos fluxos de trabalho, portanto, salvar o fluxo de trabalho revisado no Server da sua empresa não substitui a versão anterior.

Se você deseja salvar e compartilhar um fluxo de trabalho junto com suas dependências, como arquivos e conexões, você pode exportar tudo junto como um arquivo YXZP. Da mesma maneira que você faz com fluxos de trabalho de arquivo único, é possível compartilhar fluxos de trabalho exportados com outras pessoas no Server e abri-los no Designer.

Além de salvar fluxos de trabalho únicos, você também pode salvar múltiplos fluxos como um grupo, que podem ser abertos como um arquivo de grupo de fluxos de trabalho (.yxwg). Esses grupos só podem ser criados usando fluxos de trabalho já existentes e salvos localmente.

Execução no Cloud para o Desktop

Se você tem acesso ao Alteryx Analytics Cloud Platform (AACP), agora é possível salvar seus fluxos de trabalho criados no Desktop na biblioteca do AACP. Você pode então agendar execuções desses fluxos de trabalho no AACP. Acesse Execução no Cloud para o Desktop para saber mais.

Salvar fluxos de trabalho individuais

Com o fluxo de trabalho aberto, clique em Arquivo > Salvar Como e selecione o local onde deseja salvá-lo.

Diretório de arquivos (Navegar)

  1. Selecione Navegar .

  2. No explorador de arquivos, vá para o local onde pretende salvar o fluxo de trabalho.

  3. Em Nome do arquivo, insira um nome para o fluxo de trabalho.

  4. Clique em Salvar .

Alteryx Analytics Cloud

Agende e execute na nuvem seus fluxos de trabalho criados no Designer Desktop. O recurso  Execução no Cloud para o Desktop permite vincular sua instância do Alteryx Designer Desktop ao Alteryx Analytics Cloud Platform (AACP) e salvar seus fluxos de trabalho criados no Desktop na biblioteca do AACP (que pertence ao seu espaço de trabalho do AACP). Depois de salvar na biblioteca, você pode navegar até o AACP e agendar a execução desses fluxos de trabalho.

Para salvar seus fluxos de trabalho do Designer Desktop no AACP, siga estas etapas:

  1. Clique em Arquivo  > Salvar como  > Alteryx Analytics Cloud .

  2. Selecione sua conexão com o espaço de trabalho, identificada pelo nome da fonte de dados que você forneceu quando configurou a conexão. Se ainda não tiver configurado a conexão, clique em Adicionar novo link e siga as instruções abaixo.

  3. Insira o nome do fluxo de trabalho. Se o seu fluxo de trabalho incluir algum ativo, ele será exibido abaixo.

    • Marque a caixa de seleção Agrupar ativos por ferramenta * para exibir todos os ativos de fluxo de trabalho ou dependências de arquivo junto com a ferramenta à qual estão conectados. *Essa configuração organiza os ativos de cada ferramenta de maneira que as informações sejam mais fáceis de analisar. Ela não altera o modo como o arquivo YXZP é criado.

    • Desmarque um ativo para omiti-lo do pacote de fluxo de trabalho.

  4. Clique em Salvar *. Neste momento, o Alteryx valida seu fluxo de trabalho para confirmar que ele não usa conexões de dados que não são do DCM, as quais são proibidas. Consulte as notas sobre Compatibilidade de ferramentas, conectores de dados e drivers para obter detalhes.

*Se você já está autenticado em seu espaço de trabalho AACP, está tudo pronto. Se você não está autenticado, o ato de salvar iniciará seu navegador padrão para abrir uma nova janela na qual você poderá entrar no espaço de trabalho do AACP no qual você está salvando.

Execução no Cloud para o Desktop

O recurso de execução no Cloud para o Desktop permite criar e editar fluxos de trabalho no desktop e executar esses fluxos de trabalho na nuvem. Os fluxos de trabalho que você cria no Designer Desktop precisam ser editados no Designer Desktop. Esses fluxos de trabalho não são editáveis no Designer Cloud no momento.

Alteryx Server

Por padrão, o Designer salva no seu espaço de trabalho privado os fluxos de trabalho que você possui. Fluxos de trabalho compartilhados com você por meio de uma coleção são salvos na coleção.

  1. Selecione Salvar como .

  2. Selecione Alteryx Server  > Server da minha empresa .

  3. Faça login com seu nome de usuário e senha. Selecione Mantenha-me conectado para manter sua sessão ativa, se desejado.

  4. Na janela Salvar fluxo de trabalho , insira um Nome do fluxo de trabalho . Por padrão, o Local exibe o estúdio onde o fluxo de trabalho será salvo. Se o fluxo de trabalho tiver sido compartilhado com você em uma coleção, o Local exibirá essa coleção.

  5. Em Tag de trabalhador , selecione uma opção para atribuir um trabalhador específico para executar o fluxo.

  6. (Opcional) Em Detalhes , insira quaisquer comentários úteis.

  7. (Opcional) Clique em Opções de fluxo de trabalho para selecionar um dos seguintes:

    Opções de fluxo de trabalho

    Descrição

    Publicar esta versão do fluxo de trabalho

    Publica esta versão do fluxo de trabalho como a versão disponível no Server.

    Essa opção só estará disponível se o mesmo fluxo de trabalho já tiver sido salvo no Server antes. Não selecione essa opção se não desejar que os outros usuários usem essa versão do fluxo de trabalho.

    Para atualizar a versão do fluxo de trabalho no Server...

    1. Veja os detalhes do aplicativo e selecione Version # para visualizar as versões disponíveis.

    2. Selecione uma versão e, para publicá-la, selecione Versão publicada .

    Validar fluxo de trabalho e salvar

    (Opção padrão) Essa opção vem selecionada por padrão. A validação verifica se há ferramentas ou comandos proibidos. Se a validação falhar, será necessária uma isenção para que o fluxo de trabalho seja executado no Server da sua empresa. Entre em contato com o seu administrador do Server para solicitar que ele altere o modo de execução do seu fluxo.

    As seguintes ferramentas requerem isenções para serem executadas no Alteryx Gallery público: R , Executar Comando , Python , E-mail e Baixar .

    O Server não permite a execução de eventos ou aplicativos encadeados. Acesse Configuração do fluxo de trabalho e Janela do designer de interface .

    Acesse Mensagens ao salvar no Server para obter informações adicionais sobre como solicitar uma isenção.

    AMP Engine

    Se seu fluxo de trabalho estiver usando o AMP Engine, mas seu controlador não estiver, a validação do fluxo de trabalho estará desabilitada e não poderá ser habilitada. Para ativar a validação do fluxo de trabalho, habilite o AMP Engine no controlador ou altere o fluxo de trabalho para ser executado no motor original através da Configuração do fluxo de trabalho .Motor

    Para saber mais sobre o AMP Engine, consulte estes recursos:

    Gerenciar ativos do fluxo de trabalho

    Visualize e gerencie os ativos associados ao fluxo de trabalho.

    • Selecione Agrupar ativos por ferramenta * para exibir todos os ativos de fluxo de trabalho ou dependências de arquivo junto com a ferramenta à qual estão conectados.

    • Desmarque um ativo para omiti-lo do pacote de fluxo de trabalho.

    • Os ativos que incluem uma constante no caminho de entrada são exibidos na lista de ativos, mas não são incluídos no pacote de fluxo de trabalho.

    *Essa configuração organiza os ativos de cada ferramenta de maneira que as informações sejam mais fáceis de analisar. Ela não altera o modo como o arquivo YXZP é criado.

    Habilitar bloqueio de fluxo de trabalho

    Visualize as opções de bloqueio para o fluxo de trabalho.

    • Selecione Restringir o uso a números de série específicos para limitar a utilização do fluxo de trabalho bloqueado apenas para os números de série especificados. Quando selecionado, somente os números de série (endereços de e-mail) presentes na lista poderão utilizar o fluxo de trabalho bloqueado. Para permitir que um fluxo de trabalho seja executado no Server, é necessário listar o número de série para o Server, que é o administrador padrão do Server. O administrador padrão do Server é definido ao configurar a autenticação do Server. Acesse Configurar autenticação do Gallery para obter mais informações. Insira cada número de série exclusivo (endereço de e-mail), um por linha.Gallery

    • Selecione Definir vencimento para fluxo de trabalho bloqueado para fazer com que ele expire na data selecionada. Quando a data de vencimento é atingida, o fluxo de trabalho não pode mais ser utilizado nem executado.

    • Marque a caixa para indicar que você reconhece as implicações de bloquear seu fluxo de trabalho.

    • Selecione Concluído para bloquear o fluxo de trabalho.

    Acesse Bloquear fluxo de trabalho para obter mais informações.

    Definir credenciais do fluxo de trabalho

    Para que essa opção esteja disponível, um administrador deve selecionar a opção Permitir que o usuário selecione  em  Administrador  > Configurações  > Configuração  > Ativos > Configurações de credenciais de fluxo de trabalho .

    Uma vez que essa opção é habilitada, os usuários podem selecionar as credenciais para executar o fluxo de trabalho:

    • O usuário não precisa especificar credenciais : execute o fluxo de trabalho utilizando as credenciais do Server ou estúdio padrão.

    • O usuário deve especificar suas próprias credenciais : solicite que um usuário insira suas próprias credenciais para executar o fluxo de trabalho.

    • Sempre executar este fluxo de trabalho com estas credenciais : insira credenciais para usar toda vez que o fluxo de trabalho for executado.

  8. Clique em Salvar . Acesse Mensagens ao salvar no Server para obter mais informações sobre erros e avisos que você pode receber ao tentar salvar um fluxo de trabalho em um Server.

Alteryx Server: adicionar novo Server

  1. Selecione Salvar como  > Alteryx Server  > Adicionar novo Server .

  2. Na tela Salvar fluxo de trabalho - Adicionar um Server , use o campo URL para inserir o caminho do URL para o Server da sua empresa.

  3. Clique em Conectar .

  4. As etapas de autenticação variam com base na configuração do Server:

    Tipo de configuração

    Etapas de autenticação

    Autenticação interna

    1. Em E-mail e Senha , digite seu e-mail e senha do Server.

    2. Se desejado, selecione Mantenha-me conectado .

    3. Clique em Conectar .

    Autenticação do Windows

    1. Um nome de usuário é exibido.

    2. Clique em  Continuar para fazer login.

  5. Selecione o servidor na lista e siga as etapas para salvar o fluxo de trabalho no Server da sua empresa.

Modelo

Salve seu fluxo de trabalho, macro ou aplicativo analítico como um modelo para usar como ponto de partida para projetos futuros. Acesse Modelos para obter detalhes.

Salvar um novo modelo

Você pode salvar um fluxo de trabalho, macro ou aplicativo existente como um modelo. Siga estas etapas para fazê-lo:

  1. Com um fluxo de trabalho, macro ou aplicativo aberto no Designer, selecione Arquivo > Salvar como .

  2. Selecione Modelo para abrir a caixa de diálogo Salvar como modelo .

  3. Insira um nome para o modelo. Observe que o tipo de arquivo vem pré-configurado com base no seu projeto (fluxo de trabalho, macro, aplicativo). Consulte Tipos de arquivos de modelo para obter mais informações.

  4. Clique em Salvar para salvar seu modelo ou em Cancelar para voltar ao projeto.

Seu modelo é salvo na pasta de modelos neste local: C:\Usuários\[USUÁRIO]\AppData\Local\Alteryx\Templates . Você pode acessar, editar e usar seu modelo a partir do menu principal do Designer em Arquivo > Modelos .

Exportar fluxo de trabalho

Faça a exportação de um fluxo de trabalho e de suas dependências como um arquivo empacotado (YXZP). É necessário salvar o fluxo de trabalho para poder exportá-lo.

Empacotar arquivos de dependência

Estes ativos são automaticamente incluídos em um fluxo de trabalho exportado:

  • Arquivos de entrada

  • Referências de saída

  • Macros

  • Aplicativos encadeados

  • Arquivos adicionados pelo usuário

Estes arquivos não são incluídos em um fluxo de trabalho exportado:

  • Arquivos ausentes

  • Arquivos que são parte da instalação do Alteryx

  • Arquivos referenciados por um caminho de rede

  • Caminhos de entrada que contêm uma constante

Quando você exporta um fluxo de trabalho e suas dependências, o Designer mantém o formato original de cada arquivo. A estrutura de pastas dos ativos incluídos no fluxo de trabalho é mantida desde que os arquivos estejam na mesma pasta do fluxo ou em uma pasta dentro dela. Todos os outros arquivos são considerados externos e, caso incluídos no pacote, serão colocados em uma pasta _ externals .

Utilize as Dependências do fluxo de trabalho para garantir que nenhum caminho seja quebrado ao referenciar arquivos ausentes.

Exportar fluxo de trabalho

  1. Vá para Opções  > Exportar fluxo de trabalho para exibir a janela Exportar fluxo de trabalho . O campo Fluxo de trabalho exibe o nome do fluxo e sua extensão de arquivo.

  2. Complete as opções de configuração disponíveis:

    Opção

    Descrição

    Bloquear

    Crie uma cópia do fluxo de trabalho, aplicativo ou macro que pode ser executada, mas não pode ser aberta e editada no Designer.

    1. Selecione o botão Bloquear .

    2. Marque a caixa de seleção Habilitar bloqueio para este fluxo de trabalho .

    3. Configure as seguintes opções, conforme apropriado:

      • Restringir o uso a números de série específicos (um por linha) : insira os números de série das licenças que você quer que tenham acesso ao fluxo de trabalho bloqueado. Liste cada número de série em uma linha separada. Um número de série é usado para cada instalação do Alteryx. Para visualizar seu número de série...

        • Vá para Opções  > Gerenciar licenças e clique no ícone de engrenagem no canto superior direito.

        • Em seguida, selecione Visualizar gerenciador de licenças de dados de parceiros e veja o Número de série da máquina na parte superior direita da janela.

      • Definir vencimento para fluxo de trabalho bloqueado : configure o fluxo bloqueado para expirar na data selecionada. Quando a data de vencimento é atingida, o fluxo de trabalho não pode mais ser utilizado ou executado.

      • Marque a caixa para indicar que você reconhece as implicações de bloquear seu fluxo de trabalho.

      • Selecione Concluído para bloquear o fluxo de trabalho.

    Importante

    • Não é possível desfazer o bloqueio .

    • O Alteryx recomenda que você configure essa opção por último.

    Local do pacote

    Altere o local onde o arquivo é salvo.

    Agrupar ativos por ferramenta

    Agrupe os ativos do fluxo de trabalho pelas ferramentas nas quais eles são usados. Se essa opção não estiver selecionada, os ativos serão listados individualmente.

    Desmarque um ativo para excluí-lo do pacote de fluxo de trabalho. É feita uma referência ao ativo, mas ele não é incluído no pacote.

    Os ativos que incluem uma constante como parte do caminho de entrada são exibidos na lista de ativos, mas não são empacotados como parte do fluxo de trabalho.

  3. Clique em Salvar . Acesse Bloquear fluxo de trabalho para obter mais informações.

Salvar grupos de fluxos de trabalho

Considerações adicionais

  • Você só pode criar um grupo de fluxos de trabalho com fluxos já existentes e salvos localmente. Se quiser criar um grupo com fluxos de trabalho que estão salvos no Alteryx Server, é necessário primeiro salvar cada fluxo de trabalho individualmente em sua unidade local.

  • Se você mover ou excluir um fluxo de trabalho que faz parte do grupo criado, o Designer exibirá um erro quando esse grupo for aberto.

  1. Abra todos os fluxos de trabalho salvos localmente que você deseja incluir no grupo. O arquivo Inicie aqui.yxmd não é salvo com nenhum grupo de fluxos de trabalho.

  2. Selecione Arquivo  > Criar grupo de fluxos de trabalho .

  3. No explorador de arquivos, vá para o local onde pretende salvar o grupo.

  4. Em Nome do arquivo, insira um nome para o fluxo de trabalho.

  5. Selecione Salvar para salvar os fluxos individuais como um arquivo de grupo de fluxos de trabalho (YXWG).

Abrir fluxo de trabalho salvo ou exportado

Abra os fluxos de trabalho usando um diretório de arquivos ou o Server.

Abrir um fluxo de trabalho único a partir do diretório de arquivos (navegar)

  1. Selecione Arquivo  >  Abrir fluxo de trabalho  > Navegar .

  2. Vá para o local onde o fluxo de trabalho está salvo.

  3. Clique duas vezes no nome do arquivo para abri-lo no Designer.

Fluxos de trabalho exportados

Se o fluxo de trabalho estiver em um arquivo YXZP, faça o seguinte:

  1. Na janela Importação de pacotes , selecione Sim para importar o fluxo de trabalho.

  2. Na janela Importar pacote de fluxo de trabalho , verifique as seguintes informações:

    • Nome de arquivo do pacote : exibe o caminho completo para o arquivo.

    • Fluxo de trabalho : exibe o nome do fluxo de trabalho. Os ativos do pacote são exibidos na caixa.

    • Diretório de destino : exibe o local onde o pacote será salvo. Para alterar o local, clique no ícone de disquete e selecione um novo local.

  3. Clique em Importar .

  4. Na janela Progresso de importação do fluxo de trabalho , selecione Sim para carregar o fluxo de trabalho. Se a importação falhar, tente novamente.

Abrir um grupo de fluxos de trabalho a partir do diretório de arquivos

  1. Vá para Arquivo  >  Abrir grupo de fluxos de trabalho .

  2. Acesse o local onde o arquivo do grupo de fluxos de trabalho foi salvo.

  3. Clique duas vezes no arquivo YXWG para abri-lo. Cada fluxo dentro do grupo é aberto em uma guia separada no Designer.

Abrir fluxo de trabalho do Alteryx Analytics Cloud

Siga estas etapas para abrir um fluxo de trabalho criado no Designer Desktop e salvo no Alteryx Analytics Cloud Platform. O fluxo de trabalho abre no Designer Desktop.

  1. Selecione Arquivo  > Abrir fluxo de trabalho  > Alteryx Analytics Cloud . Se você não vinculou o Designer Desktop ao Alteryx Analytics Cloud Platform (AACP), consulte a página de ajuda  Execução no Cloud para o Desktop e siga estas instruções para realizar a conexão.

  2. Na janela Abrir fluxo de trabalho , selecione seu fluxo e clique no botão Abrir . Se você tiver muitos fluxos de trabalho, use a caixa de pesquisa para procurar pelo nome do fluxo. Você pode clicar no rótulo "Fluxos de trabalho" para classificá-los em ordem alfabética crescente ou decrescente.

Você também pode acessar fluxos de trabalho do Desktop salvos no AACP em Arquivo  > Abrir recente .

Abrir fluxo de trabalho do Server

  1. Selecione Arquivo  > Abrir fluxo de trabalho  > Server da minha empresa .

  2. Faça login com seu nome de usuário e senha. Selecione Mantenha-me conectado para manter sua sessão ativa, se desejado.

  3. Na janela Server da minha empresa , localize o fluxo de trabalho. Você pode usar Pesquisar, usar a lista suspensa Todos os locais para filtrar e selecionar cabeçalhos de coluna para ordenar os resultados.

  4. Selecione o ícone em Versões , à direita de um fluxo de trabalho, para visualizar versões anteriores, se necessário. Essa opção deve ser habilitada no Server para estar visível no Designer.

  5. Selecione o fluxo de trabalho e clique em Abrir . Acesse Mensagens ao salvar no Server para obter mais informações sobre erros e avisos que você pode receber ao tentar salvar um fluxo de trabalho em um Server.

Adicionar novo Server

  1. Selecione Arquivo  > Abrir fluxo de trabalho  > Adicionar novo Server .

  2. Em URL , digite o caminho do URL para o Server da sua empresa.

  3. Clique em Conectar .

  4. As etapas de autenticação variam com base na configuração do Server:

    Tipo de configuração

    Etapas de autenticação

    Autenticação interna

    1. Em E-mail e Senha , digite seu e-mail e senha do Server.

    2. Se desejado, selecione Mantenha-me conectado .

    3. Clique em Conectar .

    Autenticação do Windows

    1. Um nome de usuário é exibido.

    2. Clique em  Continuar para fazer login.

  5. Selecione o Server na lista e siga as etapas para abrir um fluxo de trabalho salvo no Server da sua empresa.