Skip to main content

Trabalhador

O trabalhador lida com a execução dos fluxos de trabalho analíticos. Deve haver pelo menos uma máquina habilitada como um trabalhador para executar fluxos de trabalho. Você pode configurar a mesma máquina para ser tanto o controlador quanto o trabalhador. O número de trabalhadores necessários depende do desempenho desejado para o sistema.

Configure o trabalhador nas telas Worker em Configurações do sistema . As telas "Worker" estarão disponíveis para configuração se você tiver selecionado uma destas opções na tela  Environment   Setup Type:

  • Designer and Scheduler Only

  • Complete Alteryx Server

  • Personalizado: habilitar trabalhador

Configuração do trabalhador

A tela Worker Configuration  (configuração do trabalhador) inclui opções de configuração como onde você deseja armazenar arquivos temporários e se deseja que a máquina execute fluxos de trabalho agendados.

Espaço de trabalho

O caminho em Workspace  (espaço de trabalho) é onde o trabalhador armazena arquivos temporários ou em cache e fluxos de trabalho desempacotados para uso na execução dos fluxos de trabalho. Por padrão, é o mesmo caminho que o da pasta do controlador. Esse caminho deve apontar para um local que seja seguro para o armazenamento de grandes quantidades de arquivos.

Permitir que o Server gerencie fluxos de trabalho executados simultaneamente

Marque a caixa Allow Server to manage workflows running simultaneously se desejar que o Server gerencie o número de fluxos de trabalho permitidos para execução simultânea para o usuário. O número será calculado automaticamente na inicialização do serviço com base na CPU e na memória disponível no ambiente do Server. Se a caixa não for marcada, você poderá definir o número de fluxos de trabalho a serem executados simultaneamente em Workflows allowed to run simultaneously . Este é o número máximo de trabalhos que você deseja permitir que sejam executados simultaneamente nesta máquina. Talvez seja interessante ajustar essa configuração para melhorar a capacidade de resposta para trabalhos agendados.

Dependendo dos recursos disponíveis e de outros parâmetros de configuração, se o número definido for muito alto, pode causar baixa produtividade de trabalhos, problemas de estabilidade e problemas gerais de desempenho. Para obter ajuda com essa configuração, entre em contato com seu representante de vendas ou de suporte ou habilite a opção Allow Server to Manage Workflows Running Simultaneously para que o Server gerencie essa configuração para você.

Cancelar trabalhos em execução por mais de (segundos)

Use a configuração "Cancel Jobs Running Longer Than (Seconds)" para forçar o cancelamento de trabalhos após um determinado tempo. Isso evita que os recursos do sistema sejam tomados por trabalhos de execução prolongada. Essa configuração se aplica somente a trabalhos agendados e não afeta execuções manuais a partir do Server.

Qualidade de serviço

Em um ambiente em que você implantou múltiplos trabalhadores, a configuração Quality of Service  (qualidade de serviço) determina quais trabalhos cada trabalhador executa. Quando um trabalhador pega uma solicitação de trabalho, ele compara o nível de prioridade do trabalho com o valor definido em Quality of Service . Os trabalhos que têm um valor maior ou igual ao valor de Quality of Service do trabalhador são gerenciados por esse trabalhador.

Por exemplo, se um trabalhador disponível tiver um valor de Quality of Service igual a 0, ele tratará de qualquer solicitação. Mas um trabalhador com um Quality of Service de 3 trata apenas de trabalhos que tenham uma prioridade de 3 ou mais. Isso permite que você reserve recursos para solicitações de prioridade mais alta. Para operação normal com uma máquina configurada como trabalhador, defina a qualidade de serviço como 0.

  • 0 : baixa (execução normal de fluxos de trabalho)

  • 1 : média

  • 2 : alta

  • 3 : crítica

  • 4 : execução de aplicativos encadeados (todos os aplicativos na cadeia, exceto o último)

  • 6 : solicitações de validação de fluxos de trabalho

Atribuição de trabalhos

Você pode atribuir um trabalhador específico para executar um trabalho. Para fazer isso, primeiro adicione uma tag de trabalho para o trabalhador e, em seguida, selecione essa tag ao criar um agendamento ou executar um fluxo de trabalho.

  • Run unassigned jobs  (executar trabalhos não atribuídos): selecione esta opção para usar o trabalhador na execução de trabalhos sem tag.

  • Job tags  (tags de trabalho): para que o trabalhador execute trabalhos com tags específicas, adicione tags. Separe múltiplas tags de trabalho com vírgula. Você pode adicionar a mesma tag de trabalho a vários trabalhadores.

Executar o trabalhador como um usuário diferente

Por padrão, o trabalhador executa usando a conta do sistema local. Você pode configurar a máquina para executar os fluxos de trabalho como um usuário ou uma conta especificados ("usuário run-as"). Isso permite que o trabalhador use credenciais específicas para acessar locais de dados ou arquivos. Para configurar a máquina para executar como um usuário diferente, digite o domínio, o nome de usuário e a senha, respectivamente, em  Domain Username Password .

Importante

Recomendamos que sua equipe de TI crie uma conta de serviço que tenha acesso aos bancos de dados, às unidades de rede compartilhadas e aos arquivos necessários.

Para obter informações sobre permissões de usuário run-as, vá para Configurar as permissões necessárias de usuário run-as .

Configuração de geração de mapas

Para habilitar o trabalhador para operar como um trabalhador de mapa, marque a caixa Allow machine to render tiles for mapping (permitir que a máquina renderize blocos para geração de mapas). Os trabalhadores de mapa renderizam os blocos de mapa para perguntas de mapa e ferramentas de entrada de mapa. Para especificar o número de processos a serem usados para a renderização de blocos, digite o número máximo de trabalhadores de renderização em Max number of render workers . Quanto mais processos permitidos, mais blocos serão renderizados simultaneamente. Aumentar essa configuração aumenta os recursos do sistema que são utilizados.

Configuração de insights

Habilitar trabalhador de insight

A caixa de seleção "Enable Insight Worker" permite a você configurar o trabalhador para agir como um trabalhador de insight. Insights são painéis interativos criados no Designer e publicados em um Server. Quando essa opção é marcada, o trabalhador processa os insights.

Insights permitidos para execução simultânea

A configuração "Insights Allowed to Run Simultaneously" define o número máximo de insights a serem executados simultaneamente na máquina. Aumentar essa configuração aumenta os recursos do sistema que são utilizados.

Tamanho máximo do cache (nº de diretórios de cache)

A configuração "Max Cache Size (# of Cache Directories)" define o número máximo de insights armazenados em cache em uma máquina de trabalhador. Cada insight consiste em uma descrição e um arquivo de dados, de modo que cada cache de insight é um diretório que contém esses arquivos.

Porta máxima e porta mínima

Em "Max Port" e "Min Port", defina o intervalo de números de porta designado para uso ao renderizar insights.

O que vem a seguir?

Configure a IU do Server .