Skip to main content

Configurações do sistema

Nas configurações do sistema, os usuários administradores podem ajustar o uso de recursos para otimizar o desempenho do Alteryx e configurar o Alteryx Service, que habilita os recursos de agendamento dos fluxos de trabalho.

Configurações de uso de recursos

O uso de recursos do sistema pode ser ajustado em "Configurações do sistema", Configurações de usuário e "Configurações do fluxo de trabalho". As propriedades definidas em "Configurações de usuário" substituem as definidas em "Configurações do sistema", e ambas são substituídas pelas "Configurações do fluxo de trabalho".

Clique nos prompts na tela para configurar e manter corretamente o ambiente do sistema.

Configurações do motor

Configurações gerais

A tela Engine  > General inclui opções de configuração como onde os arquivos temporários e de log devem ser armazenados e opções para especificar o uso de recursos do sistema para otimizar o desempenho.

Temporary Directory  (diretório temporário): este é o local onde os arquivos temporários usados nos fluxos de trabalho processados serão armazenados. Esse caminho deve apontar para um local que seja seguro para o armazenamento de grandes quantidades de arquivos. Cada execução de fluxo de trabalho usa um novo subdiretório no diretório configurado para conter arquivos temporários.

Logging Directory  (diretório de log): sempre que um fluxo de trabalho é executado, são gerados logs de saída. Esses logs serão gravados no diretório especificado neste campo. Um diretório de log em branco desabilitará o registro em log.

Package Staging Directory  (diretório de preparo de pacotes): ao editar fluxos de trabalho armazenados em um Server, o diretório de preparo de pacotes será usado para armazenar temporariamente arquivos associados ao fluxo de trabalho. Por padrão, esses arquivos são gravados dentro do diretório temporário.

Memory Limit per Anchor  (limite de memória por âncora): a memória máxima usada para consumir dados para cada âncora de saída das ferramentas em um fluxo de trabalho. O valor padrão é 1024 KB (1 MB). Essa configuração geralmente não é alterada.

Memory Limit  (limite de memória): a quantidade máxima de memória que o motor consome para executar operações em um fluxo de trabalho. Geralmente, esse valor não deve ser alterado.

Default Number of Processing Threads  (número padrão de threads de processamento): algumas ferramentas e operações podem tirar proveito do uso de múltiplos threads de processamento. Geralmente, esse valor não deve ser alterado, e o valor padrão é o número de núcleos de processador disponíveis mais um.

Allow Users to Override These Settings  (permitir que os usuários substituam estas configurações): esta opção permite ou impede que os usuários substituam as configurações de limite de memória e threads de processamento mencionadas acima. Se marcada, os usuários poderão especificar seu próprio uso de memória e threads de processamento. Se não estiver marcada, os usuários poderão apenas diminuir os valores nas configurações.

Run engine at a lower priority  (executar o motor em uma prioridade mais baixa): esta opção deve ser marcada se você estiver executando simultaneamente outros aplicativos com uso intensivo de memória. Recomenda-se também que esta configuração seja marcada em uma máquina configurada para executar o Server.

Allow user alias to override the system alias  (permitir que um alias de usuário substitua o alias do sistema): com esta opção marcada, qualquer alias de usuário que esteja especificado no repositório de aliases pode ter prioridade sobre o alias do sistema.

Configurações de proxy

Caso configurado, o Alteryx usará um proxy para acessar a Internet em vez de se conectar diretamente a um host da Internet. Se um servidor proxy não tiver sido configurado, essa tela não será exibida.

Para garantir a segurança das credenciais, o Alteryx requer a configuração de um proxy manual. Um proxy pode ser configurado através das definições de rede e Internet no computador ou através da janela "Opções da Internet" no Internet Explorer, onde o usuário pode inserir um URL ou um caminho de arquivo que aponte para um arquivo de configuração automática de proxy (PAC). Na guia "Conexões", clique no botão "Configurações da LAN", desmarque "Detectar automaticamente as configurações" e selecione a opção em "Servidor proxy".

O proxy SFTP sobre HTTP é compatível tanto com o AMP quanto com o motor original, assim como a capacidade de ignorar o proxy. O AMP é compatível com rede via proxy.

Você pode especificar o tipo de protocolo de proxy em Opções  > Opções avançadas  > Configurações do sistema  > Engine > Proxy . Escolha HTTP ou SOCKS5h . O padrão é HTTP.

Proxy - System Settings

Proxy requires password  (o proxy requer senha): selecione esta opção para inserir o nome de usuário e a senha que serão enviados ao proxy para autenticação.

Alternativa para a configuração do proxy

Um proxy também pode ser configurado na janela Configurações de usuário no Alteryx acessando  Opções  > Configurações de usuário  > Editar configurações de usuário  e selecionando a guia Avançado .